Tudo o que precisas para fazer uma poncha é aguardente, sumo de limão ou laranja e açúcar e mel. Mas não é uma aguardente qualquer nem fruta de supermercado! Na Venda da Poncha só é usada a Aguardente da Calheta, com teor alcoólico de 50º, a mais antiga das aguardentes produzidas nos engenhos da Madeira. Os limões e laranjas são comprados frescos no mercado e o mel vem de um pequeno produtor do Alentejo.

A Venda da Poncha é um food truck que anda a percorrer festivais e eventos no continente para promover a mais conhecida bebida da Madeira (vê em baixo os próximos eventos). Mais do que vender uns copos, divulga um estilo de vida. A poncha era tradicionalmente feita por agricultores e pescadores para enfrentar a dureza de um dia de trabalho. Começou por ser vendida em pequenas lojas ou mercearias – na Madeira são conhecidas por vendas – com amendoins a acompanhar.

Com o tempo, passou a ser hábito ir beber uma poncha “quando vínhamos do surf ou de uma caminhada, ou antes de sair à noite”, conta Manuel Vacas, um dos fundadores da marca. “Queríamos recriar a experiência genuína de reunir um grupo de pessoas na rua à porta da venda.” Hoje em dia, a par com Cristiano Ronaldo, a poncha é um autêntico embaixador da região.

Amigos da poncha

Sabem aquela velha máxima de não misturar amigos e família com negócios? Esqueçam. A Venda da Poncha resulta de um projeto de irmãos, cunhados e amigos de infância. E é uma ideia tão boa como a aguardente que a alimenta.

“Este projeto surge porque eu e o meu irmão gostamos muito de street food”, adianta Manuel. Depois de falar com o irmão Pedro e o cunhado Paulo Brito, chamaram o amigo Miguel Fernandez para ajudar a aperfeiçoar a receita e o atendimento ao público, surgiu a Venda da Poncha.

Claro que há muitas variantes nesta bebida tradicional da Madeira. Há quem use maracujá, pitanga ou outros frutos madeirenses; há quem prefira mais açúcar e menos mel ou vice-versa. Na Venda da Poncha, Miguel faz unicamente duas receitas: a regional (com sumo de laranja e limão) e a pescador (com sumo de limão e um pouco mais de açúcar).

Um copo: 3 euros.

Próximos eventos:

Aura Festival – Sintra |2 a 5 de Agosto

Esplendor na Relva – Sintra | Todos os fins de semana de Agosto

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*
*

RESERVE JÁ