Caminhar pelas levadas é uma daquelas coisas que devemos fazer quando estamos na Madeira. Liga-te à Natureza através desta atividade saudável para corpo e mente e, ainda por cima, fácil e barata. Entra numa paisagem impressionante rodeada de quedas de água e florestas antigas.

As levadas são os canais de irrigação criados a partir do séc. XVI, para transportar água do Norte para o Sul da ilha, onde se concentravam as plantações de banana e cana de açúcar. Estes antigos caminhos tornaram-se, com o passar do tempo, passeios de família e uma verdadeira atração turística. No total, somam cerca de 3000 km de caminhadas na natureza, através de túneis, montanhas e arvoredos, de picos mais altos ao nível do mar.

Selecionámos 7 caminhadas imperdíveis pelas levadas da Madeira:

1 – Levada do Caldeirão Verde

Levadas
©Francisco Correia
  • Distância: 6,5 Km (+ regresso)
  • Dificuldade: Médio
  • Duração: 5:30 horas
  • Início/Fim: Parque Florestal das Queimadas
  • Altitude min/máx: 980 m / 890 m
  • Pontos de interesse: Lago do Caldeirão Verde, queda de água (100m altitude); túneis, Achada do Marques, Casas típicas de Santana.

2 – Levada dos Cedros

Levadas
©Hugo Reis
  • Distância: 7,2 Km
  • Dificuldade: Médio
  • Duração: 3 horas
  • Início/Fim: E.R 209 (Fanal) / E.R 209 (Curral Falso)
  • Altitude min/máx: 1130 m / 840 m
  • Pontos de interesse: Ribeira da Janela, Lombo do Cedro, Floresta Laurissilva com espécies indígenas.

3 – Levada do Rabaçal – 25 Fontes

Levadas
©Francisco Correia
  • Distância: 4,6 Km (+ regresso)
  • Dificuldade: Médio
  • Duração: 3h
  • Início/Fim: Casa de Abrigo do Rabaçal / E.R.110 (Rabaçal, Paul da Serra)
  • Altitude min/máx: 1290 m / 900 m
  • Pontos de interesse: Este percurso é constituído de 2 trilhos paralelos de inigualável beleza. A não perder, a Lagoa das 25 Fontes e a queda de água do Risco.

4 – Vereda da Ponta de São Lourenço

Levadas
@Francisco Correia
  • Distância: 4 Km (+ regresso)
  • Dificuldade: Médio
  • Duração: 2:30 horas
  • Início/Fim: E.R. 109 (Baía d’Abra – Caniçal)
  • Altitude min/máx: 110 m / 5 m
  • Pontos de interesse: Colónia de gaivotas e outras aves marinhas protegidas. Cais do Sardinha; Miradouro da Baía d´Abra.

“Sonhamos quando estamos acordados e andamos quando dormimos”

– Nathaniel Hawthorne

5 – Levada do Rei

Levadas
©Hugo Reis
  • Distância: 5,3 Km (+ regresso)
  • Dificuldade: Médio
  • Duração: 3 a 3:30 horas
  • Início/Fim: ETAR de São Jorge
  • Altitude min/máx: 710 m / 530 m
  • Pontos de interesse: paisagens agrícolas e panorâmicas de São Jorge e Santana; túneis; Ribeiro Bonito; Moinho De Água; Floresta Laurissilva.

6  – Levada do Alecrim

Levadas
©Hugo Reis
  • Distância: 3,5km (+ regresso)
  • Dificuldade: Fácil
  • Duração: 2h30m
  • Início/Fim: Rabaçal (ER105) / Nascente da Levada do Alecrim, também conhecida como Lagoa “Dona Beja”
  • Altitude max: 1300m
  • Pontos de interesse: Vale do Rabaçal, Ribeira da Janela, Lagoa Dona Beija, com cascata para a Lagoa do Vento.

7 – Vereda dos Balcões

levadas
@Francisco Correia
  • Distância: 1,5 Km (+ regresso)
  • Dificuldade: Fácil
  • Duração: 1:30 horas
  • Início/Fim: E.R. 103 (Ribeiro Frio) / E.R. 103 (Ribeiro Frio)
  • Altitude min/máx: 630 m / 630 m
  • Pontos de interesse: Miradouro dos Balcões, vista para a central elétrica da Fajã e Cordilheira Central da ilha; observação de aves, Parque Florestar do Ribeiro Frio, viveiro de trutas.

“Uma longa viagem começa com um único passo.”

– Lao-Tsé

1 comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*
*

RESERVE JÁ Secured By miniOrange